teorias #1

 

o que não se deve fazer quando uma criança se magoa:

 

a criança cai

mãe/pai/someone - (põe cara de pânico e agarra com toda a força do mundo) ai meu Deus, coitadinho(a)! anda cá! pronto já passou!

criança - (entra em pânico tb e chora como se não houvesse amanhã)

 

errado! quanto mais aflitas nós estivermos, quanto mais importância dermos mais as crianças fazem o mesmo. já assisti por diversas vezes a situações em que as crianças caem e não choram sequer. porém, quando a mãe/pai/someone corre aflito(a) para socorrer, a criança entra em pânico e aí sim, chora.

na minha opinião devemos socorrer a criança, sim, mas com calma e sem grande alarido.

 

a criança cai

mãe/pai/someone - (socorre a criança) pronto, já passou. (podemos sempre acrescentar um 'eu dou um beijinho e passa logo' :D)

criança - (estando mais calma pode ser que choramingue apenas e que tudo passe mais rápido)

 

nunca mais me esqueço de uma situação dentro deste assunto. há 3 anos eu, o meu irmão, a minha mãe e a mana mais nova tivemos um acidente de carro (batemos, caimos para uma valeta e etc) e viemos para casa com um tio enquanto a minha mãe ficava a tratar das coisas e o meu pai ia lá ter com ela. quando chegaram a casa o meu pai chegou ao pé da mana mais nova, abriu os braços e um grande sorriso e disse"tiveste um acidente!!", como se se tratasse de uma coisa boa! a verdade é que ela choramingou, sim (foi um susto muito grande), mas depois passou-lhe e não ganhou nenhum trauma.

 

 

(e pronto... esta é uma das muitas teorias/pensamentos que me vêm à mente durante o dia. estava a pensar nisto enquanto fazia o almoço, não me perguntem porquê :p)

By Sara às 16:23 | comentar | favorito
tags: